Bottura e Di Mauro vencem na estreia da Ligier em pistas brasileiras

Bottura e Di Mauro vencem na estreia da Ligier em pistas brasileiras

01/05/2022

Um estreante com grife internacional brilhou na primeira etapa do Império Endurance Brasil, disputada neste sábado (30), em Goiânia (GO): o protótipo Ligier JS P320, que venceu em sua primeira prova em solo brasileiro. O carro, construído para a categoria FIA LMP3, assumiu a liderança na última hora de prova e levou a dupla Guilherme Bottura e Gaetano di Mauro à vitória na geral. 

A vitória surpreendeu os próprios pilotos, que assumiram o primeiro lugar na última hora de prova, após a quebra do então líder Sigma, de Aldo Piedade Jr. e José Roberto Ribeiro. “Não imaginávamos. chegamos aqui e não conheciamos o carro. Sabíamos que era um carro bom, mas estávamos com tantas coisas para fazer e só pensamos em andar o mais rápido possível e chegar onde tivesse que chegar”, disse Bottura. “É um mérito de toda a equipe, que fez um trabalho gigantesco. O Gui [Bottura] acelerou muito, se não fosse por ele não vinha essa vitória para a gente”, completou Di Mauro.

Depois do carro francês, vieram o AJR de Vicente Orige e Gustavo Kiryla, o Ginetta G58 de Fábio, Wagner e Pedro Ebrahim e o Mercedes AMG GT3 de Xandinho Negrão e Marcos Gomes, os vencedores da classe GT3. Ou seja: quatro modelos diferentes nas quatro primeiras colocações na geral.

“Deu tudo certo. Conseguimos construir uma vantagem muito boa nos dois últimos stints e o Marquinhos conseguiu controlar bem. No final, o Safety Car ajudou. Estou muito, muito contente de estar de volta”, frisou Xandinho. “Sabíamos que estaríamos competitivos, mas sempre é difícil, tem muita gente aqui boa. Tivemos um pouquinho de sorte com alguns fortes concorrentes que se deram mal durante a corrida, mas fizemos o que tinhamos que fazer, não cometemos erros e agora é manter o foco no resto do campeonato”, emendou Gomes.

A classe P2 teve vitória do MCR Grand-Am de Fernando Poeta e Cláudio Ricci, com o MRX de Ricardo Haag e Mário Marcondes na primeira posição da P2 Light. Na GT4, venceu o Ford Mustang de Flávio Abrunhoza, Cássio Homem de Mello, André Moraes Jr. e Marcelo Conde, carro que ficou ameaçado de não disputar a prova por um problema mecânico no início dos treinos. “Estávamos marcando passagem de volta para São Paulo. Nunca tive uma vitória tão saborosa, pela dificuldade e com dobradinha”, frisou Abrunhoza.

A temporada do Endurance terá mais sete provas em 2022. A próxima etapa acontece no autódromo de Interlagos, em São Paulo, dia 21 de maio.

 

MS2 Comunicação

Jornalistas Responsável: Bruno Império

contato@ms2comunicacao.com.br

Texto: Geferson Kern

LEIA TAMBÉM

Após mais de 50 dias sem competição, Hugo Cibien volta às pistas

03/08/2022

A última corrida foi no mês de junho. A quarta etapa acontece no dia 20 de agosto

LEIA MAIS
None

Equipe Sigma/Kraucher prepara novidades para sequência da temporada

02/08/2022

Time terá área operacional liderada pela Scuderia Chiarelli e prepara estreia de quinta geração do protótipo Sigma P1 para setembro, em Goiânia

LEIA MAIS
None

Quebra nas últimas voltas tira vitória da Blau Motorsport em Santa Cruz do Sul

06/07/2022

Uma quebra de amortecedor a poucas voltas do final tirou de Allam Khodair e Marcelo Hahn a vitória da etapa de Santa Cruz do Sul do Império Endurance Brasil.

LEIA MAIS

PATROCINADORES

Império
Pirelli
Stuttgart Porsche
Eurobike
EMS

APOIO

Multisolution
Corsa

REALIZAÇÃO

TRANSMISSÃO